sexta-feira, 27 de abril de 2012

Consumo de açaí: riscos e benefícios


O açaí é considerado alimento de alto valor calórico, com elevado percentual de lipídeos, e nutricional, pois é rico em proteínas e minerais. Nas áreas de exploração extrativa, o açaí representa a principal base alimentar da população.
Estudo recente avaliou a aceitação do suco de açaí, levando em conta seus fatores nutricionais, qualidades organolépticas, dentre outros fatores. De acordo com os resultados, houve maior aceitação do suco quando mencionado seus benefícios nutricionais, principalmente os idosos e as mulheres. O restante da população em estudo relatou a preferência do consumo de sucos que sejam mais saborosos.
Outra pesquisa aborda os riscos no consumo de tal fruta, uma vez que seu consumo está associado a doença de Chagas, principalmente na região do Amazonas. A transmissão ocorre nas várias etapas de manipulação do fruto, da colheita até a preparação do suco, através da presença do seu transmissor, conhecido como mosquito barbeiro.
Além de seu alto consumo nas regiões onde é extraído, o açaí é largamente consumido nas demais regiões, devido, principalmente á suas qualidades nutricionais.
De acordo com os dados dos estudos, o consumo do açaí vem aumentando em todo o Brasil, fazendo com que seja de extrema urgência a aplicação de práticas em sua manipulação e produção de seus derivados, assim como sucos, que evitem o risco de contaminação e propagação da doença de Chagas, a qual é de extrema severidade.
Incentivos que façam com que o consumo desse alimento, que é de importante qualidade nutricional devem ser realizados, incluindo as áreas de menor acesso e recursos, que são justamente os locais de maior produção da fruta. Sendo assim, técnicas como pasteurização e congelamento devem ser difundidas para que seja possível aproveitar as qualidades nutricionais do açaí, sem o risco de contrair doenças.
Fontes:
O açaí é considerado alimento de alto valor calórico, com elevado percentual de lipídeos, e nutricional, pois é rico em proteínas e minerais. Nas áreas de exploração extrativa, o açaí representa a principal base alimentar da população.
Estudo recente avaliou a aceitação do suco de açaí, levando em conta seus fatores nutricionais, qualidades organolépticas, dentre outros fatores. De acordo com os resultados, houve maior aceitação do suco quando mencionado seus benefícios nutricionais, principalmente os idosos e as mulheres. O restante da população em estudo relatou a preferência do consumo de sucos que sejam mais saborosos.
Outra pesquisa aborda os riscos no consumo de tal fruta, uma vez que seu consumo está associado a doença de Chagas, principalmente na região do Amazonas. A transmissão ocorre nas várias etapas de manipulação do fruto, da colheita até a preparação do suco, através da presença do seu transmissor, conhecido como mosquito barbeiro.
Além de seu alto consumo nas regiões onde é extraído, o açaí é largamente consumido nas demais regiões, devido, principalmente á suas qualidades nutricionais.
De acordo com os dados dos estudos, o consumo do açaí vem aumentando em todo o Brasil, fazendo com que seja de extrema urgência a aplicação de práticas em sua manipulação e produção de seus derivados, assim como sucos, que evitem o risco de contaminação e propagação da doença de Chagas, a qual é de extrema severidade.
Incentivos que façam com que o consumo desse alimento, que é de importante qualidade nutricional devem ser realizados, incluindo as áreas de menor acesso e recursos, que são justamente os locais de maior produção da fruta. Sendo assim, técnicas como pasteurização e congelamento devem ser difundidas para que seja possível aproveitar as qualidades nutricionais do açaí, sem o risco de contrair doenças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário