quarta-feira, 25 de abril de 2012

Refrigerantes aumentam o risco de infarto e outras doenças, diz estudo

Bebida está ligada a aumento de peso e pressão, entre outros fatores.
Versão sem açúcar também pode ser prejudicial, segundo os autores.

 

Um estudo norte-americano concluiu que o consumo de refrigerantes aumenta o risco de doenças cardiovasculares, como o infarto. A situação é mais grave em relação às bebidas com açúcar, mas a versão dietética também apresenta o problema.