Artigos Interessantes

Nesta seção, publicarei periodicamente artigos sobre os mais variados temas, como Gastronomia, Nutrição Clínica, Nutrição Esportiva, Nutrição Hospitalar, Nutrição e Pediatria e Saúde pública.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------


O que é o balão gástrico?
Aprovado pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o balão gástrico é um dispositivo inserido no estômagopor meio de cirurgia. Seu objetivo é proporcionar sensação de saciedade.
Quem pode fazer o procedimento?                       
O balão gástrico visa atender a pessoas com obesidade, ou seja, IMC (Índice de Massa Corporal) maior ou igual a 30, e que não atingiram resultados satisfatórios com dietas e medicamentos. Para calcular o IMC, divida o peso pelo quadrado da sua altura.
Como funciona o emagrecimento?
A permanência do balão gástrico no estômago é de no máximo seis meses. Nesse período, o paciente perde em média 12% do peso inicial. Caso o nível de obesidadeseja elevado, há possibilidade de inserir um novo balão no intervalo de um mês após a retirada do primeiro.
Após o procedimento, é necessário um tratamento multidisciplinar (médicos, nutricionista, psicólogo e preparador físico), para a manutenção dos resultados alcançados. 
Quais são os efeitos colaterais?
Náuseas, vômitos e dor abdominal logo após o procedimento.
____________________________________________________________________________
Conheça o chá amarelo

O chá amarelo vem da mesma planta da qual é produzido o verde, a Camellia Sintesis. A diferença está na sua produção, que tem um processo de fermentação e secagem mais lentas, o que confere a cor amarelada às folhas. Proporcionando algumas características mais funcionais, potencializando seus benefícios.

amarelo.jpgOs grandes responsáveis pelos benefícios desta planta são os polifenóis (mantendo a saúde das células). Além disso, é rico em catequinas, substâncias bactericidas e antioxidantes, que facilitam a absorção dos nutrientes pelo organismo, a eliminação de substâncias tóxicas ao corpo.


Benefícios:
- atua contra úlceras e outros problemas estomacais,
- reduz o colesterol,
- previne doenças cardiovasculares,
- reduz alergias respiratórias,
 - prevenção de diversos tipos de câncer,
- prevenção de envelhecimento precoce,
- ativação do metabolismo (contribui para o emagrecimento).
____________________________________________________________________________

Descubra os motivos para evitar o consumo de refrigerante
http://www.bemparana.com.br/maximosaude/wp-content/uploads/2011/03/refrigerante.jpgO refrigerante possui ingredientes que nada contribuem para a saúde. O açúcar ou adoçante (no caso dos light ou zero) provocam a queima de vitaminas e minerais da dieta. Em excesso, o refrigerante aumenta as taxas de glicose e triglicerídeos. É uma bebida viciante, devido à presença de cafeína.
Outro ingrediente perigoso é o ácido fosfórico. Ele reduz a absorção de cálcio, podendo comprometer a manutenção da massa óssea. Além disso, são ricos em corantes, acidulantes, conservantes e possuem teor altíssimo de sódio, que causa retenção de líquidos, elimina cálcio e reduz a disponibilidade de magnésio na circulação, facilitando a formação de gordura corporal.

É uma bebida nutricionalmente pobre, por apresentar apenas calorias vazias (não oferece nenhum benefício). Contribui para o aumento de peso e o aparecimento de celulites (células de gorduras inflamadas).
______________________________________________________________________

Cardápio antiestresse
http://www.bemale.net/wp-content/uploads/2011/02/stress1.jpgCom o aumento de trabalho e o ritmo diário mais intenso, há uma tendência a ficarmos estressados e cansados. A alimentação pode ajudar a combater esses sintomas. Descubra o que equilibrar na dieta para reduzir o estresse.

- Evitar o consumo de enlatados e de bebidas de cola, que dificultam a absorção de ferro.
- Consumir diariamente frutas secas (damasco, uva passa, ameixa...), pois são boas fontes de energia e possuem muitos nutrientes, como vitamina K, ferro e triptofano.
- Reforçar as fontes de cálcio, ferro e fósforo, como couve e agrião.

- Reforçar as fontes de ferro (espinafre, beterraba e feijão). Assim, previne-se a anemia, que provoca cansaço e indisposição.
- Consumir diariamente sementes (gergelim, girassol e abóbora), pois são ricas em zinco e proteínas que ajudarão a melhorar a disposição e o cansaço.
- Incluir no cardápio gérmen de trigo (rico em vitaminas do complexo B e vitamina E), que ajuda na desintoxicação e disposição.
___________________________________________________________________________

Chás que controlam a compulsão alimentar

http://cdn.mundodastribos.com/wp-admin/uploads/2011/04/Ch%C3%A1-1.jpgGarcínia: possui agentes bloqueadores de gordura (inibindo seu armazenamento). Tem a capacidade de transferir as calorias para formar glicogênio (uma forma de açúcar armazenada nos músculos e no fígado) e ainda reduz e controla o apetite, auxiliando a perda de peso.

Hibisco: rico em vitamina C, é utilizado principalmente como hipertensivo e redutor de colesterol. Atua também como diurético, anti-inflamatório, analgésico, expectorante, digestivo e em doenças do fígado, além de fortalecer o sistema imunológico. É contra-indicado para quem tem doenças cardíacas graves.

Mulungú: é usada como antioxidante, para equilibrar e acalmar os nervos e para tonificar, equilibrar e fortalecer o fígado, além de ajudar a regular os ritmos cardíacos e estabilizar o sistema nervoso central. A erva pode causar sonolência e é contra-indicada para quem toma medicamentos para reduzir a pressão arterial.

Passiflora: mais conhecida por seu fruto, o maracujá, possui ações relaxantes, anti-depressivas e analgésicas. Ajuda a combater o nervosismo, a ansiedade, a depressão, dificuldades de concentração e até a TPM. A planta também induz o sono e o relaxamento muscular.

Dente-de-Leão: é usado no combate a doenças crônicas hepáticas, artrite e diabetes, e estimulante das glândulas linfáticas. É conhecida ainda como erva cardíaca e anti-inflamatória.

Erva de São-João: age como antidepressivo ou calmante natural.
___________________________________________________________________________
Alimentos que ajudam a reduzir a gordura abdominal e a celulite
Iogurte
Por ser rico em lactobacilos (bactérias benéficas), ajuda a reduzir a gordura abdominal. Ingerido todos os dias, melhora o funcionamento do intestino, facilitando a eliminação de toxinas (que contribuem para celulite).

Abacaxi
É uma fruta diurética, que contém bromelina, poderosa enzima que facilita a digestão. Por essa razão, ajuda a deixar a barriga chapada e melhora a circulação.
Proteínas magras
Estimulam o metabolismo e possuem grande efeito térmico, ou seja, gastam mais calorias para serem digeridas.

Alimentos integrais
Esses alimentos são ricos em fibras que evitam a alta liberação de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas. Este hormônio em excesso estimula o corpo a armazenar gorduras.

Azeite de oliva e linhaça
Por serem ricos em gordura monoinsaturada, ajudam a redistribuir a gordura corporal, diminuindo a circunferência abdominal. Possuem ação anti-inflamatória importante para prevenção da celulite.

Pimenta
Ação termogênica, que contribui para a redução das células adiposas (de gorduras)
Aveia
É um cereal rico em fibras, que melhora o trânsito intestinal. Além disso, é rica em cromo, mineral que ajuda a queimar as gorduras localizadas no abdômen. A propriedade de combate à celulite fica por conta do silício, substância que reduz a absorção do açúcar no sangue e também aumenta a produção do colágeno.

Verduras verdes escuras
São ricas em fibras, que diminuem a absorção de gordura e de açúcar e facilitam o bom funcionamento do intestino.
___________________________________________________________________________
Qual a diferença entre Hipotireodismo e Hipertireodismo?
A glândula tireóide secreta hormônios que controlam a atividade metabólica de todas as células do corpo.
Hipotireoidismo
A tireóide não produz quantidade suficiente desses hormônios. Pode ser provocado  pelo funcionamento inadequado na tireóide ou pelo fato da tireóide não estar recebendo a mensagem adequada do cérebro para produzir mais hormônios.
Sintomas: fadiga, apatia, depressão, irritabilidade, ganho de peso, constipação, dores, insônia, queda de cabelo e unhas fracas.
Hipertireoidismo
 O hipertireoidismo  caracteriza-se pela atividade aumentada da glândula, resultando na produção excessiva  dos hormônios T3 e T4.
Sintomas: taquicardia, nervosismo, insônia e perda de peso excessiva.
___________________________________________________________________________
Obesidade
A obesidade é um problema de saúde que tem como característica o excesso de gordura corporal e pode ser associada a algumas doenças como diabetes, problemas cardiovasculares e hipertensão arterial.

SINTOMAS
-Ganho de peso
-Aumento de sudorese
-Dificuldade de respirar
CAUSAS SUBJACENTES
-Alimentação inadequada (excesso de calorias e carboidratos simples)
-Sedentarismo
-Desequilíbrio hormonal
-Desequilíbrio de neurotransmissores (serotonina)
-Problemas mentais e emocionais
-Genética
-Depressão
-Efeitos colaterais de remédios.
INDICE DE MASSA CORPORAL (IMC)
O IMC é calculado da seguinte forma: IMC= peso/altura². Se o valor for igual ou maior que 30, o paciente já é considerado obeso. O exame de bioimpedância corporal (que identificara a porcentagem de gordura e massa do corpo) ou a avaliação de dobras cutâneas também são utilizados na avaliação do paciente.
ALIMENTOS RECOMENDADOS
Carnes magras, frutas, hortaliças, frutas oleaginosas (castanhas, nozes...), azeite de oliva extra virgem, carboidratos integrais, soja, feijões e leite e derivados desnatados.
ALIMENTOS  A EVITAR
Açúcar, carboidratos brancos (refinados), gorduras hidrogenadas (industrializados), carnes gordas, refrigerantes, salgadinhos, sorvetes e biscoitos.
TRATAMENTO
O tratamento da obesidade é feito por uma equipe multiprofissional (medico, nutricionista psicólogo) e sempre tem inicio quando o paciente torna-se consciente de que a mudança de hábitos de vida é fundamental para que apareçam os resultados. Alem, de reeducação alimentar e a prática de exercícios, a suplementação, indicação de fitoterápicos ou de medicamentos para auxilio na redução do peso.
___________________________________________________________________________
Benefícios do coco

http://1.bp.blogspot.com/_hcR8_dpO5yg/TSzADiRO3EI/AAAAAAAAZ7E/aCXE4VEfeZM/s1600/coco0111.jpgÁgua, óleo, polpa e casca. Tudo pode ser aproveitado dessa fruta. Os benefícios também são diversos: hidratação, rejuvenescimento, saciedade e perda de peso.
Partes do coco:

Água
O líquido é rico em vitaminas e minerais como: magnésio e potássio. Possui ação diurética, retenção de líquidos e inchaço.
Polpa
Fonte de energia rápida, pois apresenta muitas calorias. Importante na dieta de praticantes de atividade física, pois a polpa concentra um aporte maior de potássio (principal mineral perdido no suor) que participa da contração e relaxamento dos músculos.
Óleo
Aumenta a saciedade, pois é rico em triglicerídeos de cadeia média– um tipo de gordura que, quando chega ao fígado, vira energia rapidamente e, por isso, não é acumulada na forma de gordura. Ou seja, reduzindo o apetite: contribui para a perda de peso. Diminui o colesterol ruim, o LDL, e aumenta o bom, o HDL, ajudando a proteger a saúde do coração.
Farinha
Rica em fibras, também sacia e varre as toxinas para fora do organismo, favorecendo a dieta. Não contém glúten, podendo substituir parcialmente a farinha de trigo nas receitas de pães, bolos e tortas.
___________________________________________________________________________
Entendendo o diabetes

O QUE É?
Aumento de açúcar no sangue por diminuição ou ausência de fabricação de insulina.
TIPOS DE DIABETES:
Tipo I: ocorre devido um processo auto-imune no qual o próprio corpo mata as células, que produzem a insulina. 
Tipo II: é reflexo da diminuição na produção  de insulina ou resistência das células a essa substância. 
CAUSAS
-Hereditário
-Estimulado pelo consumo excessivo de açúcar  e carboidratos refinados.
SINTOMAS
-Tontura e fraqueza após a indigestão de açúcar
-Micção freqüente
-Muito apetite
-Perda de peso
-Muita sede;
-Cansaço
-Visão embaçada
TRATAMENTO
-Reduzir o consumo de carboidratos refinados
-Aumentar o consumo de fibras
-Medicinal: uso de medicamentos
-Atividade física
 ___________________________________________________________________________
Orientações para reduzir o colesterol
Os altos níveis de colesterol no sangue são um dos muitos fatores de risco para graves problemas no futuro, pois o excesso de colesterol pode aumentar as chances de desenvolver doenças cardíacas e derrame. Inibindo a circulação, o excesso também pode gerar cálculos biliares, impotência e hipertensão.
Taxa ideal: abaixo 200 mg/dl.
- Aumente o consumo de fibras solúveis (aveia, arroz integral, frutas), pois elas reduzem a absorção do colesterol.
- Reduza o consumo de gorduras saturadas e trans (frituras, bolos,biscoitos, sorvetes, carnes gordas).
- Aumente o consumo de alimentos antioxidantes (frutas e verduras), pois as moléculas de colesterol são altamente vulneráveis aos danos causados pelos radicais livres.
- Reduza o consumo de açúcares e álcool, pois estimulam o fígado a produzir ainda mais colesterol.
- Inclua na alimentação gorduras boas (castanhas, nozes, linhaça, azeite de oliva e peixes), pois aumentam o HDL (colesterol bom) e reduzem o LDL (colesterol ruim).
- Aumente o consumo de alho e cebola, pois ajudam a reduzir o colesterol e triglicerídeos.
- Acrescente temperos nas refeições como: pimenta, manjericão, alecrim e orégano, pois eles são ricos em antioxidantes, que previnem a oxidação do colesterol.
- Reduza o consumo de café, pois a cafeína torna esse colesterol circulante, podendo contribuir para a oxidação do colesterol.
 ___________________________________________________________________________


Orientações para reduzir os triglicerídeos

Sua função é fornecer energia imediata ou ser depositada em forma de gordura. Quando consumimos em grandes quantidades, os triglicerídeos podem se depositar nas artérias e formar placas de gordura (ateromas) capazes de obstruir a passagem de sangue. Tornando a pessoa mais suscetível a infarto e acidente vascular cerebral.
Taxa ideal: abaixo 150 mg/dl.
-Reduza o consumo de carboidratos refinados (açúcar, pão branco, macarrão, lasanhas.....);
-Evite o consumo de sucos de caixinha ricos em carboidratos e açúcares.
-Inclua alimentos integrais na dieta. Arroz integral, pão integral, cereais integrais (aveia, quinua, linhaça...);
-Evite o consumo de alimentos industrializados, como: biscoitos, chocolates e doces em geral;
-Reduza o consumo de bebidas alcoólicas;
-Aumente o consumo de fibras, comendo mais frutas e hortaliças, além de cereais integrais, como aveia, arroz integral e pão integral com grãos inteiros;
-Consuma alimentos que contenham antioxidantes (vitaminas C e E) como a laranja, acerola, hortaliças amarelas e laranjas e folhas verde-escuras.
-Reduza o consumo de gorduras (creme de leite, sorvete, leite integral, maionese e manteiga.
-Aumentar o consumo de peixe, pois é rico em ácidos graxos (Ômega-3) que previne a aterosclerose (acumulo de gorduras nas artérias).
-Consumir alho, pois um dente de alho por dia ajuda a reduzir o colesterol e os triglicerídeos.
-Praticar atividades físicas, no mínimo 3 vezes por semana. Pesquisadores revelam que a atividade física ajuda a reduzir os níveis de LDH (colesterol ruim)  e triglicerídeos  e aumentar  HDL (colesterol bom).
 ___________________________________________________________________________
Qual a melhor dieta?

DIETA DA PROTEINA
O QUE É ESSA DIETA? Ela restringe o consumo de carboidratos, como pães, massa e doces, e privilegia o de proteínas, como carnes ovos e queijos. Legumes e frutas são proibidos e apenas alguns tipos de verdura estão liberados.
COMO ELA FUNCIONA? Ao restringir o consumo de carboidratos, o organismo passa a usar gordura para produzir energia. Segundo Atkins, esse fenômeno, chamado cetose.
POR QUE EVITA-LÁ?  A dieta da proteína sempre foi criticada por seu alto teor gorduroso (que pode causar problemas cardiovasculares). Além disso, é uma dieta pobre em fibras, vitaminas e sais minerais. A falta de carboidratos pode causar sonolência, fraqueza e dor de cabeça.
DIETA VEGETARIANA
O QUE É ESSA DIETA? O consumo de carne (vermelha ou branca) é proibido.
COMO ELA FUNCIONA? Por ser uma dieta pouco calórica, os vegetarianos tendem a ser magros e saudáveis e a desenvolver, menos doenças. Pois possuem um consumo maior de alimentos integrais, frutas e verduras.
POR QUE EVITA-LÁ?O consumo restrito de proteínas sem adotação de uma dieta equilibrada pode trazer prejuízos, como deficiência de vitaminas do complexo B, alguns minerais (ferro, vitamina B12 e zinco). Para suprir a falta da proteína, os vegetarianos, muitas vezes, aumentam o consumo de queijos, leite e carboidratos que pode contribuir para o aumento de peso.
DIETA RESTRITA EM GORDURAS
O QUE É ESSA DIETA? A dieta restrita em gorduras preconiza o banimento de todo e qualquer tipo de gordura da alimentação. Tanto a de origem animal (bacon, manteiga, carnes) quanto a de origem vegetal (óleos de soja, canola, milho e girassol) devem ser evitadas.
COMO ELA FUNCIONA?  Se cada grama de proteína ou carboidrato fornece 4 calorias, cada grama de gordura fornece mais que o dobro: 9. Logo, a tendência é que o menor consumo de gordura traga uma maior perda de peso.
POR QUE EVITA-LÁ? Todos os elementos são indispensáveis para o bom funcionamento do organismo. Até, e principalmente, as gorduras. O consumo de gorduras abaixo do recomendado, compromete algumas funções do organismo, como por exemplo: produção de hormônios.
DIETA DO TIPO SANGUINEO
O QUE É ESSA DIETA? Desenvolvida pelo médico americano Peter D’Adamo, parte do princípio de que o tipo sanguíneo influencia o metabolismo de cada indivíduo. Por isso, alguns alimentos são recomendados e outros, proibidos.
COMO ELA FUNCIONA? Não existem estudos que comprovem que a dieta funcione. Pelo fato de impor restrições provoca perda de peso.
POR QUE EVITA-LÁ? Alguns tipos sanguíneos são mais prejudicados que outros. Existe a restrição de certos alimentos (ex: carnes, feijão, leites e derivados....) que pode levar ao desequilíbrio nutricional.
DIETA IDEAL
O QUE É ESSA DIETA? A dieta ideal é aquela que, não restringe o consumo de alimentos, mas procura equilibrá-los. Deve conter de 55% a 60% de carboidratos, 20% a 25% de gorduras e 15% a 20% de proteínas. É recomendado, ainda, ingerir de 20 a 30 gramas de fibra por dia.
COMO ELA FUNCIONA? A dieta ideal deve ser calculada para perder entre 1 e 1,2 kg por semana ou 4 e 5 kg por mês.
POR QUE FAZE-LÁ? Toda e qualquer dieta precisa ser individualizada e levar o indivíduo à reeducação alimentar. É segura em todos os nutrientes por não fazer restrições.
  ___________________________________________________________________________
Principais alimentos que reduzem a pressão arterial
Farelo de trigo: Rico em fibras que dificultam a absorção do colesterol e de açúcares. É fonte de magnésio, zinco e vitaminas do complexo B, nutrientes essenciais para o relaxamento dos vasos. Sugestão de consumo: duas colheres de sopa em sucos ou frutas.
Morango: Apresenta um pigmento chamado antocianina que atua na redução do colesterol ruim (LDL) e no aumento do colesterol bom (HDL). Além disso, combate o processo inflamatório envolvido nas doenças cardiovasculares. Sugestão de consumo: cinco morangos no café da manhã ou suco natural da fruta.
Semente de abóbora: Rica em vitamina A, E, magnésio e fibras que ajudam a prevenir doenças cardiovasculares. Apresenta potássio, mineral fundamental para melhorar a elasticidade dos vasos. Sugestão de consumo: torrar a semente no forno e consumir como aperitivo.
Clara de ovo: A albumina (proteína da clara do ovo) possui ação vasodilatadora. Sugestão de consumo: uma clara de ovo cozida diariamente.
Soja: A isoflavona, substância presente na soja, melhora a circulação sanguínea, pois impede a formação de placas nas artérias. Sugestão de consumo: uma concha média como substituto do feijão ou da lentilha.
Melancia: Apresenta substância chamada l-citrulina que no corpo se transforma em outra molécula contribuindo para a formação de óxido nítrico, um gás natural que relaxa a parede dos vasos sanguíneos. Sugestão de consumo: uma fatia média de melancia diariamente.
  ___________________________________________________________________________


Fibras previnem doenças cardiovasculares
Alimentos ricos em fibras melhoram o funcionamento do sistema gastrointestinal, pois aceleram o trânsito intestinal, previnem a constipação (prisão de ventre) e doenças relacionadas ao intestino. Além disso, auxiliam no controle de peso e evitam doenças cardiovasculares (reduz os níveis de colesterol, triglicérideos e glicose). A recomendação diária de consumo para um adulto saudável é de 25 a 30g ou 10 a 13g de fibras para cada 1.000 kcal ingeridas. Para alcançar esta quantidade estipulada é necessária uma dieta variada, que contenha, em todas as refeições, algum alimento fonte de fibras. Para prevenir doenças cardiovasculares, a fibra mais indicada é a do tipo solúvel, encontrada em alimentos como: farelos, aveia, frutas, feijão, lentilha e soja. A dieta deficiente em fibras contribui diretamente para o aumento de peso e constipação intestinal (prisão de ventre).  Podendo ocasionar, a longo prazo, o aparecimento de doenças cardiovasculares.

Confira abaixo os alimentos mais ricos em fibras:
Alimento Fibras (valor em gramas)
Farelo de Trigo 33,00
Ameixa Preta 11,90
Uva Passa 8,70
Damasco seco 8,10
Linhaça 7,80
Flocos de aveia 6,40
Arroz integral 5,24
Quinua 5,00
Feijão 4,90
Soja 4,20
Pão centeio 4,00
Pão integral 3,96
Batata doce 3,90
Mamão 3,00
Grão de bico 3,00
Milho verde 2,88
Maçã 2,60
Vagem 2,54
Berinjela 2,51
   ___________________________________________________________________________
A verdade sobre o macarrão instantâneo
http://4.bp.blogspot.com/_mHgWPQL_wio/THabC8z0aCI/AAAAAAAAABc/ak6Df_SpOEw/s1600/pimenta-.jpgO macarrão instantâneo costuma ser a primeira opção para uma refeição mais rápida. Mas, segundo teste realizado com dez marcas do produto, pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, essa combinação possui quantidades de sódio e gordura acima das recomendadas pela Organização Mundial de Saúde. Os altos índices são conseqüências da fritura a que o macarrão é submetido para que possa ser cozido rapidamente depois. A pesquisa mostrou que o tempero pode conter ate 4g de sódio, ou seja, o dobro da quantidade diária recomendada para um adulto. A ingestão em excesso de sódio pode fazer com que a pressão arterial aumente, além de reter líquidos podendo causar inchaço, aumento de peso e celulite.


Troca esperta:
Trocar o macarrão instantâneo por macarrão convencional sem ovos (zero gordura) e com molho de tomate vermelho (sem gordura e com menor quantidade de sódio).
 ___________________________________________________________________________

Alimentos industrializados e a depressão
http://4.bp.blogspot.com/_mHgWPQL_wio/THabC8z0aCI/AAAAAAAAABc/ak6Df_SpOEw/s1600/pimenta-.jpgDieta rica em alimentos industrializados (biscoitos, salgadinhos, bolos etc.) pode elevar o risco de depressão. Em um estudo, foram analisadas as dietas de 3,5 mil funcionários públicos britânicos, divididos em dois grupos. Um grupo consumia alimentos integrais, frutas, legumes e peixe. Já o outro grupo consumia, em sua maioria, alimentos industrializados como sobremesas açucaradas, frituras, carnes industrializadas, cereais refinados e laticínios ricos em gordura. Foram levados em consideração fatores como sexo, idade, educação, atividade física, doenças crônicas e o hábito de fumar. Os especialistas concluíram que os pacientes que consumiam mais alimentos integrais apresentam 26% menos risco de desenvolverem a doença, enquanto que o grupo consumidor de produtos industrializados apresentou um aumento de 58% desse risco.
 ___________________________________________________________________________
Deficiências nutricionais nos idosos
http://3.bp.blogspot.com/_IQ_3z9LqMig/RhG1yV_GUgI/AAAAAAAAA5Q/neTWSm-5aW8/s320/palmito.jpg
A partir dos 60 anos, é bom estar atento aos benefícios oferecidos por certas vitaminas e minerais.

VITAMINA A: tem efeito benéfico contra disfunções cognitivas (como déficit de memória). Fontes: vegetais, frutas amarelas e laranjas.

VITAMINA E: evita que o mau colesterol (LDL) oxide as artérias, formando placas de gordura. Por isso, previne infartos. Fonte: gérmen de trigo.

ZINCO: mantém o sistema imunológico e a cicatrização funcionando a pleno vapor. Fontes: carne, fígado, frutos do mar (ostra, principalmente).

FERRO: previne anemias. Fontes: carnes e leguminosas.

VITAMINA C: é um importante antioxidante e evita o envelhecimento precoce. Fontes: acerola, caju e laranja.

ACIDO FÓLICO, VITAMINA B6 E VITAMINA B12: protegem contra enfermidades do coração e câncer. Fontes: ácido fólico: levedo de cerveja; vitamina B6: carnes, pão de milho e cereais integrais; vitamina B12: carne vermelha.

CÁLCIO E VITAMINA D: protegem contra a osteoporose. Fontes: cálcio: leite e derivados, vegetais verde-escuros; vitamina D: óleo de fígado e de bacalhau.
 ___________________________________________________________________________
Qual a quantidade ideal de água?
Segundo especialistas, a situação de sede já representa um início de desidratação. Por isso, o consumo de líquidos, seja no inverno ou no verão, não deve partir da sede. Para saber a quantidade ideal de água a ingerir por dia, basta multiplicar o seu peso por 35 (isso significa que é necessário ingerir 35 ml de líquidos para cada quilo de peso). Como as pessoas têm corpos diferentes, elas apresentam necessidades diferentes. Por exemplo: um adulto com 70 kg necessita de aproximadamente 2.500 ml por dia. A ingestão maior de líquidos deve ser feita entre as refeições. Junto com as refeições deve haver o consumo de no máximo 250 ml de líquidos. Beber além desta conta atrapalha a digestão, já que diluímos a quebra dos alimentos.

Atenção: Nem todos os líquidos equivalem à água (ou seja, não hidratam da mesma forma). É o caso de chás, chimarrão, café, refrigerantes e outras bebidas com gás.
 ___________________________________________________________________________
Não caia em tentação
Dicas para você não sair da dieta:

Churrascaria
Dê preferências às carnes magras, como filé mignon, alcatra e maminha; ou carnes brancas, como frango ou peru. Para acompanhar, saladas, arroz, mandioca ou batata cozida.

Italiano
Escolha massas sem recheio, como espaguete, talharim, rigatoni, fusili ou penne, e peça um molho simples (ao sugo).

Japonês
Dê preferência ao missoshiro, shitake, sashimi e sushi não-frito e sem cream cheese. Opte pelo shoyo light.

Árabe
Opte por michui de frango ou carne, quibe assado e esfiha, mas cuidado com as calorias do recheio!

Chinês
Atenção! Quase todas as preparações são muito gordurosas. Opte por yakissoba de legumes, arroz chinês, carne desfiada com broto de bambu ou outros vegetais.
 ___________________________________________________________________________
Como se livrar da compulsão alimentar
A compulsão alimentar consiste no consumo de grandes quantidades de comida de uma só vez ou o comer constante durante um determinado período (por exemplo, durante uma festa de aniversário ou à noite quando chega em casa depois do trabalho).
Para se livrar desse ciclo vicioso, o primeiro passo é identificar os alimentos que causam compulsão (chocolate, doces em geral, pães, café, gorduras) e tentar reduzir seu consumo. O segundo passo é observar a situação em que o desejo pelo respectivo alimento acontece e como você está se sentindo (aborrecido, triste, ansioso, deprimido, cansado). O terceiro passo é tentar se distrair, fazer alguma atividade que tire o seu foco do alimento.

O que deve ser incluído na alimentação?

Vitaminas e minerais importantes para a mediação dos neurotransmissores:
- Vitaminas do complexo B (cereais integrais e vegetais verde escuros)
- Vitamina C (fruta cítricas)
- Triptofano e tirosina (banana)
- Magnésio (vegetais verde escuros)
- Selênio (castanha do pará)
 ___________________________________________________________________________
Dúvidas sobre a banana na dieta
A banana é uma fruta riquíssima em nutrientes, tais como:
  • ferro - que favorece a produção de hemoglobina, prevenindo anemia.
  • Potássio - que evita cãibras, fadiga muscular e alterações nos batimentos cardíacos.
  • Fibras - que regularizam o intestino e reduzem o colesterol total.
  • vitamina B6 - que ativa a produção de serotonina, minimiza os sintomas de tensão pré-menstrual, diminui a retenção de líquidos, e ajuda no combate à insônia e depressão.
  • vitamina C - que é antioxidante, ajuda na produção de colágeno, conferindo elasticidade à pele, e auxilia o organismo na resistência a infecções.
Principais dúvidas em relação à fruta:

1) Banana engorda?
Não. O que definirá o engorde será o consumo diário de calorias da dieta, e não a caloria individual de um alimento.

2)Em qual fase da maturação da banana é recomendado o seu consumo?
O ideal é consumir a banana na fase mais verde do que na mais madura, pois quando ela está nesta fase ainda possui o amido chamado “resistente”, que proporciona mais saciedade e controla melhor a fome.  A banana verde é constituída essencialmente por água e amido. A medida que a fruta vai amadurecendo, o amido transforma-se em açúcares mais simples, como a glicose, frutose e sacarose, sendo digerida mais rapidamente.

3) Quais são os melhores horários para se consumir a banana? É verdade que seu consumo não é recomendado durante a noite?
A banana pode ser consumida em qualquer horário, inclusive à noite, pois o que define a perda ou o ganho de peso é o consumo calórico do dia inteiro, e não o horário de consumo. Pessoas que apresentam insônia devem consumir banana à noite devido ao estímulo da produção de serotonina, substância que melhora o sono e tranquiliza.

4) A banana é um bom alimento para se consumir antes de
fazer exercícios? Por quê?
Sim, pois a banana apresenta amido em sua composição, que é responsável por aumentar a energia de forma mais prolongada, ao passo que outras frutas geralmente apresentam apenas frutose, que é um carboidrato simples de rápida absorção com liberação de energia momentânea. Ela é rica em vitamina B6 e potássio, que são nutrientes importantes para a regulação da contração muscular, do equilíbrio hídrico e para a manutenção do ritmo cardíaco, além de prevenir cãibras.
___________________________________________________________________________

É integral mesmo?
Como descobrir se o alimento é integral através do rótulo.

Os alimentos dito integrais estão cada vez mais presentes na mesa de quem procura ter um hábito de vida mais saudável. Mas nem sempre o que está escrito nos rótulos corresponde à realidade.  Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), como não existe nenhum tipo de regra para a fabricação desses produtos no Brasil, cada empresa adota critérios que quiser.

Dica:
Sempre se deve ficar de olho no rótulo. Quanto mais fibras houver em uma porção, mais integral o alimento é. Isto significa que no alimento foi utilizado algum tipo de farinha integral, fibra de trigo ou farelo de trigo.

Exemplo: 1 fatia de pão com 4,8 g de fibras é mais integral do que outro pão com 1,8 g de fibras.
___________________________________________________________________________
Principais mitos da DIETA
- Jantar à noite engorda. A hora que nos alimentamos não faz diferença. São levadas em consideração as calorias que ingerimos em 24 horas e a nossa capacidade de gastá-las.
- Uso de suplementos alimentares previne deficiências nutricionais. A biodisponibilidade de cápsulas e alimentos é diferente. Em cápsulas não absorvemos nem a metade dos nutrientes, diferente dos alimentos. Suplementos de vitaminas podem apenas complementar uma dieta.
- Alimentos que queimam calorias. Não existe alimento que durante a digestão gaste energia suficiente para promover a perda de peso.
- Carne é rica em proteínas, portanto não engorda. Se o consumo for elevado, engorda também, pois, assim como os carboidratos, proteínas também possuem calorias (1g de proteína apresenta 4 calorias). Além disso, se a carne for gordurosa, terá mais calorias.
- Comer rápido ajuda no emagrecimento. Muito pelo contrário. Comer devagar ajuda no emagrecimento, pois dispara o mecanismo cerebral que antecipa a saciedade.
___________________________________________________________________________
Alimentos campeões em sódio
O sódio é um mineral que em excesso pode ser causador com patologias como: hipertensão, acidente vascular cerebral, retenção de líquidos e problemas renais. Uma elevada ingestão de sódio influencia na perda óssea, pois juntamente com o cálcio, compartilha o mesmo sistema de transporte  no túbulo renal proximal.O sal de cozinha é composto por 40% de sódio e 60% de cloro, e considerando que cada 1g de sal contenha 400mg de sódio, consumir 6g (2,4 de sódio) não traz malefícios para a saúde. É papel dos rins eliminar o excesso de sódio através da urina para manter o equilíbrio do corpo.

Os campeões em sódio:
1º Shoyo
2º Mortadela
3º Salame
4º Batata chips
5º Sopas instantâneas
6º Azeitonas e conservas
7º Queijos
8º Temperos prontos
9º Alimentos congelados
10º Macarrão instantâneo
___________________________________________________________________________
Correr em jejum ajuda na queima de gordura?
Não, pois para ativar a queima de gordura é necessário um pouco de carboidrato antes do treino para pouparmos a musculatura. Se corrermos em jejum o corpo vai utilizar a músculo como fonte de energia e não a gordura. Para quem deseja diminuir o percentual de gordura é necessário fazer um pequeno lanche com carboidrato antes do exercício, pois se esse lanche for muito calórico a pessoa só irá queimar o que consumiu antes da atividade, e não as suas reservas de gordura.

Sugestões de lanches:
- Frutas e suco de frutas
- Cereais e barras de cereais
- Iogurte.

___________________________________________________________________________
Alimentos crus (in natura) são mais nutritivos
Alimentos quando cozidos, fervidos, enlatados ou pasteurizados perdem enzimas,  vitaminas e minerais. Para ter uma idéia, o pimentão é rico em vitamina C, porém se ele for cozido perde completamente o teor vitamínico. Na falta de nutrientes, o corpo rouba estas substâncias do sistema imunológico, acarretando em: gripes e resfriados, aumento de peso, acumulo de gordura localizada, cansaço, indisposição, ansiedade, queda de cabelo, enfraquecimento de unhas e podendo levar a quadros patológicos. Então, para prevenir e melhorar a saúde, o ideal é optar por alimentos crus como por exemplo: cenoura ralada, folhas verdes escuras, broto de alfafa, linhaça, frutas e vegetais diversos. Mas atenção, nem todos os alimentos são interessantes para ser consumidos crus: o feijão e lentilha são ricos em ferro, no entanto este nutriente só fica  biodisponível através da cocção. Outros alimentos são  carne e ovo, que somente quando cozidos apresentam melhor absorção de proteínas pelo nosso corpo.
___________________________________________________________________________
Sopa ajuda a emagrecer?
Dependendo da receita (ou seja, dos ingredientes), a sopa pode ajudar no emagrecimento. A sopa pode saciar mais do que qualquer outro alimento, inclusive substituindo uma refeição completa nos casos em que além de verduras e legumes ela apresentar uma fonte de proteína (carnes brancas ou vermelhas). Porém, evite consumir sopas prontas de pacotinho, pois são ricas em sódio, que não deve ultrapassar 200 miligramas por 100 gramas, e dispense as sopas que apresentam gordura trans.

Posso consumir vários pratos à vontade?
Mais uma vez, depende dos ingredientes, visto que ela pode ser bem calórica ou não. Caso o objetivo seja emagrecer, sopas de legumes podem ser repetidas, mas se apresentarem ingredientes como arroz, batata ou massa é melhor não abusar.

Posso consumir sopa com pão?
Pães, torradas e biscoistos cream crackers são ricos em carboidratos, portanto devem ser evitados em uma dieta, ainda mais se na sopa já tiver arroz, massa, batata e milho, que também são carboidratos.
___________________________________________________________________________
Qual a diferença do pimentão verde, vermelho e amarelo?
O pimentão é um vegetal pobre em calorias (apenas 20 calorias por 100 gramas), carboidratos, gorduras e proteínas, mas pode apresentar em sua composição: cálcio, fósforo, ferro e sódio. A diferença entre as colorações é que o pimentão verde é rico em vitamina C, enquanto o vermelho e o amarelo  são ricos em  vitamina A. Na hora da compra, devem ser selecionados os que estiverem limpos (sem machucados), firmes e com a casca brilhante, indicando que estão frescos. Pimentões são utilizados na culinária em saladas, carnes e molhos, porém são de mais fácil digestão quando consumidos cozidos do que quando crus. Os frutos maduros são utilizados para a produção de páprika (pimentão em pó).

Dica: Para retirar a pele do pimentão coloque-o em água fervente por cerca de 1 minuto ou até romper a pele.
 ___________________________________________________________________________
A carne suína sem preconceitos
Muitas pessoas consideram a carne suína um alimento gorduroso, rico em colesterol e perigoso (devido à possibilidade da transmissão e desenvolvimento de parasitas). Mas na verdade, estamos sujeitos a contaminação por parasitas ao ingerirmos qualquer carne mal cozida, seja de bovinos ou suínos, que esteja contaminada. No caso da contaminação da carne bovina, o homem poderá desenvolver a Taenia saginata, a chamada solitária, e na contaminação da carne suína, a Taenia solium.

A carne de porco é uma das carnes mais nutritivas, pois é rica em vitaminas B6, B12, tiamina, riboflavina, cálcio, fósforo, zinco e ferro. Um dos seus diferenciais é a alta concentração de potássio (interessante para pessoas que sofrem com pressão alta, pois o potássio ajuda a regular o aumento dos níveis de sódio). No que diz respeito à quantidade de gordura, há variação de acordo com a parte do porco que é consumida, por exemplo, 70% da gordura está localizada no toucinho e apenas 30% no restante do corpo. A carne suína apresenta baixos teores de gordura se retirarada a pele, e no interior dos músculos encontramos apenas 1,1 a 2,4 % de gordura. Essa quantidade equivale a encontrada na carne de frango e é menor que a da carne bovina (2,5%) e ovina (6,5%).  Além do que, a carne suína apresenta uma proporção maior de gorduras insaturadas (benéficas) do que de gorduras saturadas (indesejáveis), ao contrário da carne de gado. Um filé de 100 gramas de lombo de pernil cozido possui  de 69 a 82 mg de colesterol, nível semelhante ao de outras carnes.
  ___________________________________________________________________________
Motivos para reduzir a gordura abdominal
A gordura abdominal é um dos principais riscos à saúde. Por se encontrar próxima do fígado, do intestino, dos rins e do pâncreas, é conhecida como gordura visceral e pode ser responsável pelo aparecimento de doenças como diabetes, doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, entre outras. A gordura armazenada na região abdominal libera ácidos graxos que impedem a ação do hormônio insulina, que é responsável por levar o açúcar para dentro da célula. Se a insulina não consegue desempenhar sua função corretamente, o açúcar sobra no sangue, provocando a diabetes. Indivíduos que possuem maior concentração de gordura na região abdominal tendem a ter maior quantidade de gordura na circulação; esta gordura pode facilmente se alojar nos vasos sanguíneos, oxidando, e acarretando um processo inflamatório.
  ___________________________________________________________________________
Propriedades do iogurte natural
O iogurte (do adjetivo yoğun, "denso" ou "tornar denso") é uma forma de leite em que o açúcar (lactose) foi transformado em ácido lático através de fermentação bateriana. Trata-se de um líquido espesso, branco, levemente ácido e muito nutritivo. Muitas vezes é servido e mesmo vendido misturado com frutas, chocolate e outros.
O iogurte teve origem na penísula  Balcânica, no entanto, a sua comercialização teve início a partir da constatação feita pelo médico Ilya Ilych Mechnikov, premiado com o Nobel da Fisiologia e da Medicina em 1908.
O iogurte, além de aumentar a lon-gevidade, possui outras benéficas pro-priedades nutricionais, graças aos fer-mentos lácteos, como o Lactobacillus bulgaricus e o Streptococcus termophilus, que juntam-se ao leite após sua homogeneização e pasteurização. O iogurte é fácilmente digerível, o que o torna o produto ideal para pessoas com problemas gastrointestinais, contribuindo na regulação do sistema imunológico, além de tratar-se de uma excelente fonte de Cálcio. Estudos indicam ainda que o iogurte natural pode ajudar a combater a halitose, cáries e doenças gengivais.
 ___________________________________________________________________________
Benefícios da soja
Excelente fonte de minerais como o ferro, o potássio, o fósforo, o cálcio e as vitaminas do complexo B, a soja é rica em proteínas, isoflavonas e ácidos graxos insaturados que têm ação na prevenção de doenças crônico-degenerativas. São inúmeras as pesquisas realizadas na área médica do Japão, da China, dos Estados Unidos, do Brasil e da Europa que comprovam os benefícios da soja na prevenção de doenças crônicas.
Estudos que utilizaram regularmente a soja em sua dieta alimentar mostraram reduzidos os índices de doenças coronárias, de câncer de mama e de próstata, quando comparados aos dos países onde a soja é pouco utilizada. As isoflavonas são apontadas como os principais compostos presentes na soja capazes de inibir e prevenir o aparecimento de vários tipos de câncer.

PREVENÇÃO DAS DOENÇAS CARDIOVASCULARES
As proteínas de origem vegetal são mais benéficas à saúde do que as de origem animal, pois diminuem o colesterol sanguíneo total e o LDL, popularmente conhecido como colesterol ruim. A ingestão diária de 25g da proteína da soja reduz acentuadamente o colesterol total e até 30% dos níveis de LDL, ao mesmo tempo em que ocorre um estímulo para o HDL (comumente chamado de colesterol bom). As isoflavonas atuam de maneira protetora sobre a camada interna que recobre as artérias, prevenindo a arteriosclerose e a trombose, que são processos de obstrução das artérias.

PREVENÇÃO DA TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL (TPM) E DO CLIMATÉRIO (MENOPAUSA)
As mulheres em fase pré-menstrual e menopausa podem se beneficiar de uma dieta com ingestão diária de soja, já que as isoflavonas são fitoestrógenos com estruturas químicas bastante semelhantes à do estrógeno. Os níveis de estrógeno diminuem durante o ciclo menstrual, causando a tensão pré-menstrual, que pode ter seus sintomas amenizados em função da soja.

PREVENÇÃO DA OSTEOPOROSE
A osteoporose é a diminuição da quantidade de massa óssea no corpo, tornando os ossos mais frágeis. Anualmente, as mulheres perdem de 0,3% a 0,5% de massa óssea, e nos primeiros anos da menopausa chegam a perder até 3% de massa óssea por ano. Os níveis de estrógeno no sangue diminuem acentuadamente após a menopausa, aumentando o risco de a mulher desenvolver a osteoporose. A administração de hormônios sintéticos, ou das isoflavonas presentes na soja, bem como de cálcio, ajudam na prevenção da osteoporose.
___________________________________________________________________________
Vitaminas e minerais necessários na gestação
É muito importante consumir vitaminas e minerais na gestação, uma vez que garantem o bom desenvolvimento do feto.
Vitaminas e minerais para o consumo:
- B6;
- Vitamina A;
- Vitamina D;
- Vitamina E;
- Vitamina K;
- Cálcio;
- Fósforo;
- Ferro;
- Zinco;
- Cobre;
- Sódio;
- Magnésio;
- Iodo.
Vitamina A:
Encontrada no leite, no queijo, no fígado, no bacalhau, e no óleo de fígado de peixe, a vitamina A auxilia no desenvolvimento e contribui para a visão.
Vitamina D:
Encontrada em queijos, manteigas, margarinas e leites enriquecidos, a vitamina D regula o metabolismo do cálcio e do fosfato (fósforo), ajuda na formação dos ossos e dos dentes e previne o raquitismo.
Vitamina E:
Obtida a partir do gérmen de trigo, milho, nozes, sementes, oliva, espinafre, aspargo e outras folhas, óleos vegetais (de milho, girassol, soja e semente de algodão) e derivados, como a margarina, a vitamina E é um antioxidante que elimina os radicais livres e impede que as gorduras poliinsaturadas sejam destruídas.
Vitamina K:
Encontrada no repolho, na couve-flor, no espinafre e em outras folhas verdes, nos cereais, na soja e em outras verduras, a vitamina K promove o crescimento e o desenvolvimento normal do organismo e previne doenças hemorrágicas em recém-nascidos. As bactérias presentes no intestino também produzem vitamina K.
Cálcio:
Encontrado no leite, na abobrinha, no agrião, na couve e no brócolis, o cálcio auxilia na coagulação sanguínea e mantém a firmeza do corpo para nos dar postura e evitar fraturas.
 ___________________________________________________________________________
Dieta contra gripe
Vitaminas que podem diminuir as chances contra a gripe:
Vitamina C:
Encontrada na laranja, no kiwi, no morango, no limão, na tangerina e no tomate, a vitamina C é um antioxidante que reconstrói os leucócitos.
 Alimentos amarelos e vermelhos:
Pimentão, mamão e maçã, consumidos crus, ativam o sistema imunológico.
Vitamina E:
Encontrada nos óleos, nos vegetais, no girassol, na palma, no milho, na soja e na oliva, a vitamina E é um antioxidante que protege as membranas celulares.
Verduras verdes:
Couve, espinafre e chicória, consumidos crus, eliminam os radicais livres do sistema imunológico.
Ácido fólico:
Encontrado na couve, no espinafre e no feijão, o ácido fólico ajuda na formação dos leucócitos.
Alho:
Por ser antibacteriano é eficaz contra o vírus da gripe, combatendo os microorganismos.
Vitamina A:
Encontrada na cenoura, na abóbora, no fígado, na batata-doce e no brócolis, a vitamina A mantém a integridade das membranas.
Zinco, selênio e cobre:
Encontrados nas nozes, nas castanhas, nas carnes e no leite, equilibram o sistema imunológico e aumentam as atividades das enzimas.
  ___________________________________________________________________________

O que é Maltodextrina?
A maltodextrina é um carboidrato em pó solúvel em água e obtido através da conversão enzimática do amido de milho. A maior parte deste produto de mercado apresenta, na verdade, uma mistura de três tipos de carboidratos: a maltodextrina, polímeros de glucose e a frutose. É considerado um produto energético, de moderada absorção pelo organismo, de fácil digestibilidade e com ótima taxa de esvaziamento gástrico. É capaz de restabelecer as reservas energéticas de modo prático e satisfatório, melhorando assim o desempenho de praticantes de exercícios físicos e atletas de muitas modalidades, assim como jogadores de futebol, basquete, maratonistas, praticantes de musculação, etc.
___________________________________________________________________________
Quinua, um carboidrato rico em proteínas
quinua_1a_big1Cereais são, geralmente, apenas ricos em carboidratos, sendo a quinua rica em proteínas, aminoácidos, metionina e lisina. Fonte de vitaminas A, B1, B2, B3, B6, C e E também contém ômegas 3 e 6.
Benefícios:
- Ameniza a TPM;
- Ameniza sintomas da menopausa;
- Previne de doenças crônicas;
- Previne de osteoporose;
- Previne de câncer de mama;
- Previne de tuberculose;
- Evita doenças no fígado;
- Combate a anemia;
- Combate problemas urinários;
- Reduz danos gastrointestinais;
- Regula funções cardiovasculares;
- Ajuda no desenvolvimento da inteligência da criança e na rapidez de reflexos;
- Ajuda na recuperação das fibras musculares.
___________________________________________________________________________
Ácido fólico
Vitamina do complexo B responsável por proteger o pulmão, o ácido fólico ajuda no desenvolvimento do feto, na prevenção do câncer e da depressão.  Sua deficiência pode levar a diminuição do crescimento, anemia megaloblástica e outros distúrbios sanguíneos, glossites e distúrbios no trato gastrointestinal. O ácido fólico é mais bem absorvido quando associado a outras vitaminas do complexo B, especialmente as vitaminas B12, B5, biotina e vitamina C. Cafeína, álcool, antiácidos, laxantes, anticoncepcionais, antibióticos, fumo e quimioterapia diminuem sua absorção.
Alimentos fonte de ácido fólico:
- Cogumelos;
- Brócolis;
- Tomate;
- Espinafre;
- Feijão-preto;
- Rúcula crua;
- Couve crua.
___________________________________________________________________________
Chocolate nas diferentes versões
O segredo do chocolate está no cacau, um composto rico em flavonóides (antioxidantes) que ajuda a proteger a saúde do corpo e em especial a do coração.
- Combate a hipertensão
- Previne o câncer
- Auxilia nas defesas do corpo
- Estimula a memória
- Reduz a fadiga
- Reduz colesterol
- Aumenta a circulação sanguínea
- Reduz rugas e linhas de expressão
Chocolate amargo
Possui maior concentração de cacau (antioxidante) e uma menor quantidade de açúcar, leite e gorduras saturadas.
Chocolate preto
Contém mais leite e mais açúcar em relação ao chocolate amargo e, consequentemente, menor quantidade de cacau.
Chocolate branco
Possui maior quantidade de açúcar e de leite do que o chocolate preto e o amargo. Sendo mais calórico, o consumo dele deve ser moderado.
 ___________________________________________________________________________
Que frutas podemos consumir com as refeições?
Algumas frutas devem ser evitadas durante o consumo de outros alimentos, pois prejudicam a digestão: melancia, banana, caqui, uva, maçã, etc. No entanto, existem frutas que facilitam a digestão devido à presença de enzimas que auxiliam e aceleram a digestão das proteínas.
Mamão
Fonte de vitaminas A, B, e C, ferro, cálcio e fósforo.
Benefícios:
- auxilia na digestão (presença da enzima papaína);
- laxante;
- combate as doenças da pele causadas pela falta de vitaminas A;
- previne da cegueira noturna;
- evita queda de cabelo.
Abacaxi
Fonte de potássio, magnésio, cálcio, vitaminas B1, C e D.
Benefícios:
- auxilia na digestão (presença da enzima bromelina);
- reduz o apetite;
- acelera a passagem do alimento pelo estômago;
- previne o envelhecimento;
- diurético;
- combate as aftas e todas as afecções da mucosa.
  ___________________________________________________________________________